We see fireworks é uma instalação visual e sonora composta pela memória dos que já a viram. Um arquivo de vozes em constante evolução preenche uma sala iluminada por luzes que piscam e evocam lembranças de performances ou eventos cotidianos. Sussurradas por até 300 indivíduos, essas histórias nos contam segredos de família, produções épicas, encontros teatrais incomuns, amores perdidos. O trabalho parte da premissa de que o teatro é algo essencialmente viral, que acontece em todo e qualquer lugar, adormecido, até que suas memórias sejam aguçadas.

Helen Cole é diretora artística do Inbetween Time Festival. Trabalha há duas décadas como curadora, produtora e artista de
live art, performance contemporânea e práticas interdisciplinares.

Alex Bradley é um dos mais celebrados artistas sonoros do Reino Unido. Seu trabalho foi comissionado por galerias inglesas e por festivais como Arnolfini, Baltic Gallery, Bienalle de Ceivera e Manchester Festival. Conta com a parceria Arup Acoustics NYC.

A versão carioca da instalação reúne memórias coletadas em residência no Rio, entre os dias 26 e 28 de outubro, no Teatro Municipal Café Pequeno.

Artista/Curador/Arquivista: Helen Cole Produtor técnico: Alex Bradley Produção: In Between Time Comissionado: por SPILL Festival e New Theatre Architects Patrocínio: National Lottery, Arts Council England e Paul Hamyln Foundation Breakthrough Award

Apoio de turnê: British Council.

*Este ano o Panorama recebe como projeto associado seu primo barulhento e inesperado, o HAPPENINGS, numa parceria que se estende ao Multiplicidade e tem curadoria de Batman Zavareze. As atrações agitam o Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (CAHO) e os arredores da Praça Tiradentes, no Centro, pautadas por múltiplas ações coletivas de embaralhamento sensorial: exposição, performances, discotecagens e discussões. Uma instalação inédita do grupo musical mineiro O Grivo é o eixo central e fica no CAHO, junto com a instalação da inglesa Helen Cole, de 9 a 18 de novembro. Nos dias 15, 16 e 17, haverá uma programação musical com artistas nacionais e internacionais. No ano do centenário do músico vanguardista Jonh Cage eles repetem o mantra: “Isso não é arte, é barulho.”

A programação HAPPENINGS @Panorama tem patrocínio especial da Oi.