Project Description

Mais do que construir movimentos corporais expressivos, lineares e expansivos, Lamentos e gozos da Imperatriz de Itapipoca desafia os intérpretes ao acolhimento e à cooperação através do contato direto e indireto com um pedaço de madeira retangular. Tais contatos criam ambiências poéticas, lugares de encontro e permanência, portais de infinitos tamanhos e formatos que se abrem no invisível e no indizível. A concepção do espetáculo recebeu contribuições dos coreógrafos Marcelo Evelin, Andrea Bardawil e Lia Rodrigues. O título é uma homenagem aos moradores de Itapipoca (CE) e ao próprio município, que se chamava Vila da Imperatriz durante o período colonial.

Há 20 anos, a Cia. Balé Baião desenvolve um projeto pioneiro de pesquisa, criação e formação continuada em dança contemporânea em Itapipoca, interior do Ceará. É formada por bailarinos-intérpretes-criadores e artistas docentes que realizam na companhia um trabalho artístico colaborativo e socioeducativo. Atualmente, funciona como Ponto de Cultura na antiga serraria de móveis doada pelo pai do diretor da companhia, Gerson Moreno.

Criação: Cia Balé Baião
Direção de cena: Gerson Moreno
Proposições: Marcelo Evelin, Andrea Bardawil e Lia Rodrigues
Intérpretes: Cacheado Braga, Edileusa Inácio, Edilene Soriano, Gerson Moreno e Viana Júnior