Educativo - Panorama Festival 2015
15665
page-template-default,page,page-id-15665,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

 

Programa Educativo

 

Por mais um ano consecutivo, o Programa Educativo do Festival Panorama promove ações de formação de público, oficinas, workshops, conversas com artistas, laboratórios, residências, espetáculos infantis e o programa de voluntariado. Essa agenda é pensada para estimular a experimentação artística e a formação de públicos distintos interessados nas várias formas de manifestação da arte.

Formação de público

 

Programa de sensibilização do olhar para as artes do corpo – realizado por meio de mapeamento e contato com escolas, projetos culturais e sociais, universidades e outras organizações –, cuja finalidade é oferecer acesso e transporte gratuitos à programção do Panorama. O Panoraminha é o principal braço desse projeto, tendo alcançado mais de 7 mil crianças em oito edições.

Conversas na Piscina

 

A piscina da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV foi o cenário escolhido para receber três conversas com artistas brasileiros: Denise Stutz, Michel Groisman e Alejandro Ahmed (Cena 11). Um espaço aberto pelo Panorama para que o público conheça mais de perto suas pesquisas, seu processo de trabalho e seus interesses artísticos.

 

 Denise Stutz | 03 nov 17h

Uma conversa sobre as possibilidades da palavra na dança, a memória como movimento e a presença que se estabelece a partir da ausência. As três questões, trabalhadas nos solos 3 solos em 1 tempo (2007), Finita (2012) e Entre ver (2015), vão permear o encontro de Denise Stutz com o público.

Michel Groisman | 04 nov 17h

O artista propõe uma mistura de conversa com a realização de experimentos junto com o público. O objetivo é evidenciar a importância da relação com o outro durante o processo criativo.

Alejandro Ahmed | 09 nov 17h

Diretor e coreógrafo do Grupo Cena 11 Cia. de Dança, Alejandro Ahmed conversa sobre vestígio e continuidade, trajetória de convívio e criação artística na companhia catarinense; e também sobre o Projeto Protocolo Elefante.

Laboratórios Práticos na Maré


Pelo segundo ano, o Panorama abre espaço para que renomados artistas brasileiros e estrangeiros compartilhem suas práticas no belo Centro de Artes da Maré. Essa atividade tem inscrição prévia, que pode ser consultada no site do festival.

O corpo pensante Vera Mantero (Portugal) | 03 nov 14h30 às 18h30
Risco e potência Michel Groisman (Brasil, RJ) | 05 nov 14h30 às 18h30

Percepção física e composição generativa Alejandro Ahmed e Mariana Romagnani (Brasil, SC) | 12 nov 14h30 às 18h30

Laboratório de Crítica

 

Realizado desde 2012, o Laboratório de Crítica é uma parceria do Festival Panorama com o Departamento de Arte Corporal da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, através do Curso de Teoria da Dança. Este ano, o Laboratório ganha o caráter de projeto de extensão, com o objetivo de promover uma imersão no festival para o exercício da reflexão crítica em grupo e análise das obras apresentadas. Os textos produzidos serão publicados no site do Panorama. De 19 out a 19 nov, Biblioteca Parque Estadual.

Residências Artísticas

 

As residências artísticas se configuram como um espaço privilegiado para o intercâmbio e a experimentação prático-conceitual, fomentando processos de criação, formação de artistas e difusão das artes do corpo. Divulgadas por meio de chamadas públicas para a seleção de participantes, resultam em performances coletivas apresentadas em espaços públicos durante o festival.

 

Residência Navios, com Marina Guzzo
03 a 06 nov, 17h às 21h | 7 nov, a partir das 14h
Local: Solar Meninos de Luz – Rua Saint Roman, 149, Copacabana
Performance: 07 e 08 nov, às 18h, Praia de Ipanema

Residência Colônia, com Grupo Cena 11 Cia. de Dança

Horário: 13h30 às 17h30
Local: Parque Madureira – Rua Soares Caldeira,115, Madureira (Prédio da Administração – entrada do meio)
Performance Coletiva
07 e 08 nov | Parque Madureira | 18h
10 nov | Cinelândia | 18h
11 nov | Campo de Santana | 14h A apresentação faz parte da programação do Festival Campo de Santana

Programa de Voluntariado

 

Desde 2009, o Panorama investe na formação de voluntários como uma oportunidade de inserção de jovens estudantes no mercado de trabalho. O festival se configura como um ambiente de aprendizagem por meio de um percurso formativo que inclui a vivência, no dia a dia do evento, nas áreas de comunicação, receptivo, produção, técnica, bilheteria e de educação. Para muitos, este é o primeiro passo para o mercado profissional, e alguns são integrados à equipe do Panorama no ano seguinte. Em 2014, cerca de 60 voluntários trabalharam no festival.