Festival Panorama começa no Rio com homenagem à Angel Vianna e muito mais

O primeiro final de semana da 25ª edição do Festival Panorama teve homenagem, espetáculos com sessões lotadas, instalações, residências e muita batucada!

Na sexta-feira, abrimos a nossa programação com “Angel Vianna – O que eu mais gosto é de gente”, trabalho realizado por nomes importantes da dança carioca em uma homenagem à Angel Vianna. O Teatro Municipal Carlos Gomes ficou lotado, com uma plateia emocionada que até se arriscou a dançar sob a condução da mestra ao final.

João Fiadeiro e o Atelier/RE.AL (Portugal) tiraram o fôlego do público que lotou o Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto no sábado (05) e no domingo (06) com “O que fazer daqui pra trás?”. O espetáculo nasceu em um momento de crise – quando o grupo perdeu o patrocínio do governo português – e questiona a aceleração da rotina enquanto coloca o espectador em constante estado de espera pelo que irá acontecer em cena.

Duas obras que integram a programação celebram o corpo por meio de videoinstalações e performances visuais: Corpo Visto, mostra com trabalhos de vários artistas, fica em cartaz no CCBB até o dia 20 de novembro, entre 09h e 21h. Já a instalação Emoticon, de Dani Lima, ficará no Oi Futuro Flamengo até o dia 13 de novembro, de 11h às 20h. A entrada é gratuita para as duas atrações.

E ainda rolou: mesas de debate no Laboratório Universitário, audição e início da residência artística para criação do espetáculo Batucada, de Marcelo Evelin / demolition Inc e o primeiro dos 3 workshops que vão acontecer no Centro de Artes da Maré.

Até o dia 23, tem Panorama por toda a cidade. Acompanhe a nossa programação nas redes sociais e no site do festival.

Crédito: @CLAP

No Comments

Post A Comment