De 5 > 07.03 « Quando Quebra Queima » no fim de semana de estreia do Panorama Pantin

De 5 > 07.03 « Quando Quebra Queima » no fim de semana de estreia do Panorama Pantin

A ColectivA Ocupação toma posse do espaço para sublimar sua luta. Colocados bem no meio da platéia, os artistas mobilizam dança, canto e música em uma peça de alegria, onde a energia da raiva compete com o ardor juvenil. Quando Quebra Queima é um grito de uma geração que sabe que foi sacrificada, de uma população que se sente desprezada. Após as revoltas estudantis de 2015 no Brasil, o coletivo elabora uma dramaturgia de ocupação que revive a memória das barricadas, faixas e slogans que aqui são gritados de alegria. Do levante à celebração, Quango Quebra Queima formula uma resposta criativa à violência social da sociedade brasileira contemporânea, aos processos de desclassificação e ao arsenal repressivo que implica. O desejo de se expressar como a única força motriz, eles ocupam a cena ao defenderem seu território: com paixão, força e determinação.

ColetivA Ocupação (@coletivaocupacao) foi formada no contexto das enormes manifestações estudantis de 2015, após a decisão do governador de São Paulo de fechar uma centena de escolas. Formado por dezesseis artistas e ativistas, estudantes de diferentes bairros de São Paulo, o coletivo aborda eventos políticos contemporâneos em performances que combinam arte, ativismo e educação, pesquisa e novas dramaturgias.

ColetivA Ocupação chega ao #panoramapantin após uma temporada no Battersea Arts Centre onde foram indicados ao prêmio Off West End na categoria IDEIA.

Chegou a vez de Pantin queimar! 📸: Danlo Galvão

No Comments

Post A Comment