ka’á-t-übi: Um Rio que Dança

Diogo Nascimento e estudantes da Escola Municipal Estados Unidos

CATUMBI

Ka’á-t-übi origina a palavra Catumbi, que significa “folha azul”, uma dança do povo Tupi.

É ela a escolhida para promover esse diálogo com um dos bairros mais antigos do centra do Rio de janeiro. Contar
histórias através desse Rio Catumbi que preserva carnavais, samba e danças de origem africana e indigenas. Com
cartografias criadas a partir da vivência territorial dos alunos envolvidos e com o aprendizado de danças populares
como, o samba, dança cigana, maxixe e maracatu, é criado um repertório corporal e imagético para o desenvolvimento de uma corpo-grafia.

Diogo Nascimento é Bacharel em Dança-UFRJ e ator com passagem pela escola centenária Martins Pena.
Mestrando em Cultura e Territorialidade – PPCULT UFF. É também arte educador e cineasta. Atuou em diversas
produções artísticas e educacionais no Brasil e no exterior. Sua pesquisa e defesa como artivista passa
pela produção e preservação da cultura artística popular brasileira e o direito aos bens culturais para todos.